Já conheces o eBook que o Palco Principal está a oferecer? Descarrega-o aqui!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Blog de susana galveia

Música: Pedro Teixeira Silva e os tempos de “Paganini”

429d117443cb60658a60266b35043f57

Música: Pedro Teixeira Silva e os tempos de “Paganini”

Os acordes de uma vida e muito mais

Pedro Teixeira Silva ou (PTS) é um amante da vida como ele próprio se caracteriza e positivo. Trabalhador que luta pelos seus ideais e crenças. Solitário, mas em prol da sua música.

Vem de uma família de músicos e claro a sua paixão pela música surge. Com uma formação musical no estrangeiro, por na altura achar ser o melhor para quem quisesse atingir a disciplina, o rigor e valorização.

Pedro Teixeira Silva (PTS) na música, mas também no mundo do cinema, quando surge uma oportunidade para participar no filme “Os Canibais”, de Manoel Oliveira, onde ganhou rigor, atenção ao detalhe, método e mais empenho no seu trabalho.

Compositor e violinista português Pedro Teixeira Silva mentor/fundador de projetos característicos à sua personalidade como os Corvos, banda instrumental e os Secret Lie, banda musical de rock gótico, e

Como compositor de “Primeiro Ato” que serve de inspiração para outros proeminentes artistas e não só. Um homem de grupo e não um artista solo.

“Primeiro Ato” é o nome do seu primeiro trabalho a solo, editado no dia 17 de novembro 2017. Um projeto que cruza dois universos musicais: por um lado a música clássica e por um outro lado pop/rock. De forma tradicional e não “trabalhada” e demasiado perfeita.

Em “Primeiro Ato”, o compositor conta com vários convidados, como José Cid;

A cantata “Lux Prima Spei”; “O Amanhecer da Esperança”, de Pedro Teixeira Silva, que em declarações à agência Lusa, afirmou que o processo de composição começou pela seleção dos textos, tendo escolhido poemas de dois autores brasileiros, Vinícius de Moraes (1913-1981) e Henriqueta Lisboa (1901-1985), depois a sua tradução para latim, língua em que é interpretada a cantata, e finalmente, a composição.

A tradução dos poemas para latim ficou a cargo de Pedro Falcão, latinista da Universidade Católica Portuguesa. A peça interpretada por 132 elementos, entre coralistas, músicos da Orquestra Círculo de Música de Câmara, outros músicos, e ainda pelos solistas Carmen Matos (soprano), Natália Brito (meio-soprano), João Cipriano (tenor) e Nuno Dias e Miguel Rebelo (barítonos).

Agradecimentos: Pedro Teixeira Silva

MÚSICA: Dupla romântica Ricardo & Henrique Conquista o público com novo projeto L.O.V.E.

Ricardo & Henrique

Conquista o público com novo projeto L.O.V.E.

Conquistando o público e brilhando com luz própria, a dupla Ricardo & Henrique apresenta o novo trabalho discográfico L.O.V.E., perguntamos o que terá de diferente em relação a outros trabalhos? Tem muito de diferente: quando é um projeto atualizado aos dias de hoje, aos gostos do seu público e apostando chegar a outro público: "L.O.V.E." é "Liberdade”; “Objetivo"; "Vontade"; "Esperança" são as suas palavras.

São o mesmo Ricardo & Henrique dos tempos do programa apresentado pelo João Baião “Big Show SIC”, humildade, simpatia e disponibilidade. Os seus temas transportam a realidade de muitos e tornam em sonhos outros. Quem escuta os seus temas sente-se o personagem principal.Susana Galveia

Em 2010 a dupla junta-se à Editora Espacial e desde aí, a sua carreira tem sido preenchida, por espetáculos, televisão, rádios, imprensa e reconhecimento.

L.O.V.E., conta com um total de 44 040 visualizações, no canal YouTube e tendo feedback positivo ao projeto.

Agradecimentos:  Ricardo & Henrique

Entrevista ao JornalTerrugem Online

0287fcff87dba2b5a1e7d754a744bbd7

Juvencio Luyiz, é cantor, produtor e compositor, nasceu a 16 de maio de 1989 na cidade da Beira, Moçambique, num meio conservador e de fortes raízes africanas. Começou por integrar a banda Os Djaakas, grande fenómeno de Moçambique e do grupo de qual também fez parte Vathuli. Em Portugal, participou num programa televisivo que permitiu abrir asas e voar. Conquistou os portugueses onde conta com + 12 milhões de visualizações nas plataformas Youtube. Hoje, um grande nome da Kizomba. Obrigada, Juvencio Luyiz, pela disponibilidade em responder às questões do jornal Terrugem online.

Redação – Numa das suas publicações Juvencio diz:” temos o destino que merecemos. O nosso destino está de acordo com os nossos méritos. Não olhe para trás porque caminhamos para frente e pra lá que devemos olhar”. - É algo que sempre sentiu, olhar para a frente, porque é o que tem feito Juvencio vencer?

Juvencio Luyiz - Sim sempre , nunca olhar para trás, eu sei de onde vim, mas sei melhor onde quero chegar , para isso que luto todos os dias . . .

Redação – Qual a sua fonte de inspiração?

Juvencio Luyiz - A minha fonte de inspiração vem de todas as batalhas que diariamente passamos , de várias experiências, no meu dia-a-dia , mas a minha principal fonte de inpiração, é o meu público que me apoia , dos meus coaches e sem dúvida da minha familia , minha filha e minha esposa.

Redação – Juvencio participou no programa de televisão que mesmo não ter ganho, acredita ter sido uma porta para o que tem hoje?

Juvencio Luyiz - Eu diria que foi um portão, em vez de uma porta , foi apartir desse momento que a minha carreira começou a ser construida , e agradeço imenso pela  oportunidade que me foi dada.

Redação – “Escape” o que podemos escutar deste trabalho discográfico?

Juvencio Luyiz - É álbum cheio de momentos que já vivi , de experiências que chegaram até mim , mas claro, tudo com um pouco de drama.

Redação – O que pode dizer aos seus seguidores e aos seus fãs da Terrugem-Sintra?

Juvencio Luyiz - Quero agradecer ao publico que esteve presente em Terrugem , foi um concerto fenomenal , adorei imenso estar com voçês , espero voltar a estar presente de novo com a mesma energia cm que fui recebido. A todos os meus fãs e seguidores agradeço do fundo do coração pelo apoio , por nunca deixarem de seguir o meu trabalho nas redes sociais , nos meus concertos . Juntos somos mais fortes , sem vocês nada disto era possivel .

Obrigada, Jornal Terrugem online Susana Galveia

Uma passagem pelo Teatro Musical

Bf34be1ee3b606c7651f3b883189c54e

Não quis ficar só pelo jornalismo, literatura, porque comunicar é muito mais do que isso. Hoje, com novo projeto Susana Galveia estreia-se como letrista no Teatro.

Toda a estreia é uma estreia!

TANYA e SOZINHA o seu projetoa solo

593930e76bdd2bb46cc93276fc92a605

Desde cedo, Tânia Margarida Santos Lima, conhecida como TANYA soube o que queria e viu o seu sonho começar a ganhar “asas” quando subiu ao palco numa festa da escola cantando “La Vie en Rose” de Edith Piaf e quando em 1996 grava o seu primeiro CD intitulado “Se fores um doce” apoiado pela Rádio Voz de Alenquer, onde começa a ter os seus primeiros espetáculos e contacto com o público. Em 2009 participa no Festival da Canção com a música “Amor Mio”.

Hoje e ao fim de cinco anos de ausência dos palcos regressa mais madura e com dois singles de promoção “Sozinha” e “Apenas mais uma” da autoria de Elton Ribeiro.

Susana Galveia


Anterior12345Próxima


RssBlogs