XXIX EXPOSIÇÃO COLECTIVA DOS SÓCIOS DA ÁRVORE 13/07-30/08

 Vimos convidar os sócios da Árvore a participarem na XXIX Exposição Colectiva dos Sócios que este ano se realiza novamente no Museu Nacional Soares dos Reis. A última edição contou com a participação de cerca de 215 sócios com 370 obras, um número record na história da Colectiva dos Sócios. Apesar de satisfeitos com a adesão dos nossos sócios, decidimos este ano reduzir o número de obras inscritas por artista, por forma a dignificar a apresentação das mesmas.

Esta edição será com certeza igualmente marcante pela criação de um Prémio que consistirá na realização de uma exposição individual, a ter lugar nas nossas instalações. (Para efeito desta selecção será constituído um júri).
Estamos também a preparar uma programação que envolverá os sócios na realização de conversas, oficinas, visitas-guiadas e outras actividades. Na loja do Museu estarão disponíveis para venda artigos da produção da Árvore, como obra gráfica, edições, cerâmicas, livros, catálogos, etc.
Assim, vimos mais uma vez solicitar a participação dos “Artistas da Árvore” com uma obra feita a pensar nesta exposição, de acordo com as orientações dadas no regulamento e, como de costume, pedimos também a sua colaboração no orçamento para a execução do catálogo.
Só com o contributo dos nossos sócios participantes poderemos valorizar esta importante acção cultural, tornando-a numa autêntica Festa da Arte.
 
 
 
REGULAMENTO - XXIX EXPOSIÇÃO COLECTIVA DOS SÓCIOS DA ÁRVORE
 
1.     Podem participar todos os sócios com a situação regularizada (quotas pagas até Junho de 2015 e inscritos como sócios há mais de um ano).
 
2.     Serão admitidos trabalhos em todas as expressões plásticas, pintura, escultura, fotografia, cerâmica, tapeçaria, desenho e obra gráfica, etc., desde que devidamente apresentados para a sua exposição.
 
3.     Cada sócio poderá participar com 1 (um) trabalho inédito, datado de 2014/2015, com a largura máxima de 1 m; os volumes poderão ter de base um Ø de 0,5 m.
 
4.     Será fornecida a cada participante uma ficha de inscrição da qual constarão para além do nome e residência do autor, os seguintes elementos relativos à obra entregue: título, ano, técnica, dimensões, valor de seguro e preço de venda ao público. As fichas de inscrição podem ser entregues pessoalmente, enviadas pelo correio ou via e-mail para a seguinte morada eletrónica: dep.rartisticas@arvorecoop.pt
 
5.     Com a ficha de inscrição deverá ser entregue uma imagem digital com boa resolução (não se aceitam quaisquer outros tipos de formatos – fotografias, slides, etc.), e umas breves informações, ano de nascimento, local e habilitações académicas (por favor não acrescente mais nada), até ao dia 30 de Maio de 2015.
Não nos responsabilizamos pela qualidade da reprodução das imagens no catálogo se estas não forem de qualidade (resolução mínima 300dpi).
 
6.     Os trabalhos a expor serão recepcionados na Árvore, Rua Azevedo de Albuquerque, nº 1, Porto, impreterivelmente, nos dias 6 a 16 de Julho de 2015 (das 10h00 às 12h30 e das 14h30 às 19h00). As obras devem estar devidamente acondicionadas e em condições de serem transportadas e expostas.
 
7.     O formulado no ponto 4 e a data referida no ponto 5 são de cumprimento rigoroso. Não se aceitam excepções que ponham em causa a realização do catálogo em tempo útil e a montagem da exposição.
 
8.     Por ocasião da exposição será editado um catálogo com a reprodução de um trabalho de cada artista, se todos os sócios expositores participarem na despesa da sua execução com € 12,00 (a serem entregues na data da inscrição).
 
9.     Os artistas participantes autorizarão, a título gratuito, os organizadores a reproduzir as suas obras para fins de promoção e divulgação no âmbito da exposição.
 
10. Durante a mostra, todas as obras estarão obrigatoriamente à venda, pelo valor indicado pelos participantes na respectiva ficha de inscrição. Do valor de venda será cobrada pela Árvore uma percentagem de 50%.
 
11. A Organização não se responsabiliza por obras de fragilidade evidente, entregues mal acondicionadas, bem como tudo que possa decorrer de actos de vandalismo, roubos e/ou situações imprevistas.
 
12. Todos os trabalhos expostos, à excepção dos vendidos, deverão ser levantados pelos participantes de 28 de Setembro a 02 de Outubro das 10h00 às 12h30 e das 14h30 às 19h00, na Árvore, Rua Azevedo de Albuquerque, nº 1, Porto.
 
13. A Árvore não se responsabiliza pelas obras, depois de ultrapassado este prazo. Salvo contacto prévio por parte do autor, as obras não levantadas no prazo indicado serão consideradas abandonadas, podendo a Árvore dispor do seu destino como entender.
 
14. Qualquer assunto não especificado neste regulamento e que surja antes, durante e depois da exposição será resolvido pela Organização.